Viver no exterior e alcançar o bem-estar emocional: Saiba mais sobre a história da Khristel

Viajar para longe do seu país, deixar sua família e amigos para trás, aventurar-se na incerteza e experimentar coisas novas em um idioma diferente … Esses são alguns dos medos mais comuns que todos enfrentamos quando decidimos viajar, trabalhar ou estudar fora. Hoje queremos te apresentar a Khristel Berkhoff, uma de nossas alunas que morou na Austrália há 10 anos e decidiu voltar a estudar inglês. Enquanto estuda, Khristel ajuda as pessoas oferecendo sessões de BioNeuroEmotion, um método de bem-estar emocional onde você pode tratar qualquer tipo de conflito ou sintoma diário trabalhando a relação entre corpo, mente e emoções. Não perca e leia até o final!

Khristel, conte-nos um pouco sobre quem é você.

Bem, eu posso me definir como um amante do significado da vida e da abertura da consciência, sou engenheira formada em prevenção de riscos. Mas há alguns anos venho me dedicando a acompanhar as pessoas para alcançarem o bem-estar emocional de seus problemas ou sintomas diários e lutar contra seu maior inimigo “Seus pensamentos”. Além de todos os cursos que concluí, estou terminando um curso de inglês aqui na Austrália e um curso de pós-graduação em BioNeuroEmotion.

Quando você começou sua viagem para a Austrália?

Tudo começou em 2009, querendo viver uma experiência diferente, com muitas expectativas, em que no caminho algumas foram preenchidas e outras não. Haviam questões, como:
Será que estou fazendo a coisa certa? O que vai acontecer com isso ou aquilo? E quando eu retornar ao meu país, o que vai acontecer? E se eu ficar aqui? etc. Finalmente, a viagem planejada para 6 meses foi transformada em 3 anos com muitas experiências de altos e baixos vividas, passando por todas as emoções como raiva, tristeza, solidão, frustração, mas também muitas alegrias.
No final da minha aventura decidi voltar ao meu país, mas depois de 10 anos… voltei para a Austrália!! E eu entendi que é a vida… Altos, baixos, raiva, tristeza, frustração e alegria também. Sim, essas são sensações que não são ruins de se experimentar, o problema que temos é a “ilusão” de que controlamos alguma coisa, mas não é, entendi que só a vida sabe o que será melhor para nós. Portanto, tudo o que se vive, é o que deve ser e o que devemos experimentar para a nossa evolução. Podemos criar planos, é claro, mas sem expectativas, pois é aí que o ser humano se engana, pois esquece de viver a cada momento, esperando por um resultado, esperando alcançar esse objetivo, e o que aconteceria se esse resultado ou meta não chegasse? Nós nos perdemos para viver todo o caminho que percorremos a cada segundo, o que, a propósito, é a única coisa certa que temos. Nosso momento presente.

Portanto, cada caminho é individual, assim como cada experiência será única e diferente.
Muitas pessoas poderão aconselhá-lo sobre muitas coisas e elas o farão com a melhor das boas intenções, mas cada pessoa irá aconselhá-lo de acordo com a história de sua vida. Se alguém sentir medo ou insegurança de algo, irá aconselhar a partir deste estado, de seus próprios medos; assim como se alguém tiver confiança, irá aconselhar através de sua própria confiança, ou alguém que tenha uma experiência ruim com algo ou alguém, irá aconselhar baseado nesta experiência. Portanto, lembre-se de pegar o que funciona para você, mas sempre acreditando em sua intuição e, mesmo que você não faça por um tempo o que você estava acostumado a fazer ao deixar sua zona de conforto, sempre ame o que fizer na vida, Isso irá te amar de volta.
A vida não lhe dará mais do que aquilo que você entrega.

Agora que você voltou para a Austrália para estudar inglês, como você acha que este curso pode ajudá-lo profissionalmente ou pessoalmente?

Considero que independente do profissional, a língua inglesa ainda é a primeira opção em todos os lugares, já que é uma das línguas mais estudadas do mundo. Vai depender do propósito de que cada pessoa possui, eu pessoalmente sempre amei a língua, apesar do que me custou o curso, decidi estudar aqui na Austrália (como um sonho pessoal).

Por outro lado, considero que estudar a língua em outro país é uma maneira mais rápida de se integrar, já que tudo está em inglês, então, mesmo que seja por sobrevivência, você tem que aprender a se comunicar. Ser capaz de terminar meu curso também me ajudará a desenvolver meu projeto não só com o público latino, mas também com os falantes de inglês, já que os conflitos diários são universais.

Enquanto estuda na Austrália, qual curso / workshop você oferece?

Na Austrália, estou fazendo sessões individuais de BioNeuroEmotion e participando de alguns programas de rádio para a comunidade latina. Este método ajuda as pessoas a alcançarem o bem-estar emocional através de uma profunda compreensão da origem de seus conflitos diários ou sintomas, conseguindo identificar o fator emocional que o está influenciando e, assim, alcançar uma vida mais plena. Eu sempre me refiro a esta frase “As pessoas querem ver o arco-íris sem passar pela tempestade”.

Além disso, se há um tópico específico que qualquer empresa queira discutir, eu também falo sobre isso, mas minhas conversas estão focadas na mudança de percepção, gerando uma mudança dentro de cada um, de modo que esta possa se manifestar de dentro para fora. Queremos que o nosso ambiente mude sem que nos transformemos, e isso não funciona.

A quem este curso é destinado?

Como eu disse, minhas palestras estão focadas em orientar as pessoas a mudarem como elas estão percebendo a vida, a fluir com o que a vida tem para nos mostrar, a aprender a viver com o bem e o mal, deixar o controle de lado e aproveitar a única coisa que temos certeza “Nosso momento presente”. Em resumo, tudo tem seu processo, portanto, tudo o que você deseja alcançar na vida, em qualquer área, estará do outro lado do medo. Portanto, você tem que se deixar fluir e aproveitar a jornada.

Como você acha que este curso poderia ajudar alguém que está vivendo / trabalhando / viajando na Austrália?

Só posso acompanhar quem quer ser acompanhado, que se atreve a experimentar a vida e percebê-la de outra maneira. Quando você alcança a compreensão de suas queixas, raiva, desconformidades, você está alcançando a tão esperada liberdade emocional, que será aplicável a qualquer área de sua vida, profissional, familiar, relacionamentos, ​​em todas as áreas.

Você está passando por um momento parecido? Gostaria de entender a origem de algum conflito diário que talvez possa repetir e não sabe como resolvê-lo?
Então participe de uma sessão de BioNeuroEmotion. Entre em contato com a Khristel pelo telefone 04 31908031 ou pelo Whatsapp +56956373967. Você também pode enviar um email para Bioemocionkb@gmail.com ou visitar seu Instagram e Facebook bioemocionkb.

Quer estudar e viajar pela Austrália? Lembre-se de escrever para info@puravidastudy.com.au ou deixe uma mensagem abaixo para nos perguntar o que você precisa.

Te vejo na Austrália, mate!

Josefina Delas

Josefina Delas

Need to organise your student visa?

Contact Puravida Study for advice

enquire now